TDM e DMN - Uma combinação destinada ao sucesso

postado em 16 de ago de 2016 09:16 por Antonio Plais   [ 16 de ago de 2016 09:30 atualizado‎(s)‎ ]
A OMG aprovou, recentemente, a publicação do padrão DMN-Decision Model and Notation (Notação e Modelo de Decisão), que objetiva fornecer uma notação para decisões que seja compreendida por todas as audiências (negócios e técnica) e que permita o compartilhamento de modelos entre ferramentas de software. Para a comunidade de modelagem de decisões em geral, e para aqueles que adotaram a metodologia TDM em particular, isto é uma excelente notícia!

Por que o DMN é Importante?

O DMN reforça a necessidade de um modelo específico para a lógica de negócios - distinto de todos os outros tipos de modelo. O DMN, como uma especificação da indústria de software, reconhece a necessidade de uma nova classe de ferramentas correspondente. É digno de nota as empresas que integram o Comitê DMN: IBM, Oracle, TIBCO, KPI, Decision Management Solutions, Escape Velocity, Model Systems, e KU Leuven University.

Cinco Filosofias Comuns

A tabela abaixo apresenta os pontos comuns entre o TDM e o DMN
  • Decisões e lógica pertencem ao pessoal de negócios
  • A maneira de modelar decisões é a solução
  • Decisões se conectam com modelos de processos de negócio
  • A lógica das decisões deve ser facilmente automatizada
  • Software de modelagem de decisão é a solução

Modelos de processo

Em 2009, o TDM introduziu o conceito de processos conscientes de decisões, definido como processos que distinguem atividades que realizam o trabalho daquelas que derivam conclusões a partir de modelos de lógica completos. O DMN também relaciona modelos de decisão com processos de negócio, como mostrado abaixo:



Figura 1: Relacionamento entre modelos BPMN e DMN

Cinco Diferenças

1 - Público-alvo

O TDM tem como alvo, desde sua proposição, o pessoal de negócios. Por isto, um de seus princípios é ser completamente isento e independente de dependências em relação à tecnologia usada para a implementação dos modelos.

O DMN é uma especificação direcionada para audiências técnicas e desenvolvedores de ferramentas, e possui cinco componentes principais: notação no nível da lógica e dos requisitos, linguagem de expressões (FEEL-Friend Enough Expression Language), metamodelo, e níveis de conformidade.

2 - Nível de Requisitos

O DMN prescreve uma notação para um Diagrama de Descrição de Requisitos (DRD-Decision Requirements Diagram). Os requisitos incluem as decisões e os elementos relacionados, várias formas de lógica detalhada, e as dependências entre elas. O DMN é uma notação híbrida. O TDM é um modelo de lógica pura, composto de 15 princípios que orientam as funcionalidades orientadas para modelo do TDM. A figura abaixo mostra um DRD típico:




Figura 2: Parte de um DRD DMN


Basicamente, uma caixa de decisão DMN se correlaciona com a Família de Regra de Decisão do TDM. Setas entre as decisões são dependências, similares às relações inferencias no TDM. Outros elementos do DRD incluem o Modelo de Conhecimento de Negócios (BKM-Business Knowledge Model), fonte de conhecimento de negócio, e dados de entrada.

Existem diversas maneiras de representar modelos TDM através da notação DMN. A figura abaixo contém um modelo TDM (à esquerda) e uma possível tradução utilizando a notação DMN (à direita):



Figura 3: Diagrama do Modelo de Decisão TDM e sua tradução no DRD DMN

3 - Nível da Lógica

Uma caixa de decisão DMN pode ter ter uma forma gráfica diferente para expressar seus detalhes - por exemplo, uma expressão de valor ou um BKM. Um BKM pode ser um conjunto de regras de negócio, diversas formas de tabelas de decisão DMN, ou modelos analíticos.

Uma Família de Regra TDM tem somente uma forma gráfica. Seus detalhes não são uma estrutura separada. No DMN, os detalhes da Família de Regra podem se tornar BKMs ou Decisões, com ou sem BKMs.

4 - Automatização

O nível 3 de conformidade do DMN inclui a linguagem FEEL, para automatização das decisões. O TDM não inclui uma linguagem de automatização. Atualmente, organizações que utilizam software TDM, como o SAPIENS Decision e o BiZZdesign Decision Modeler, exportam os modelos de decisão e os convertem para o código nos ambientes de execução desejados.

5 - Glossário de Negócios

O DMN não inclui um glossário de negócios. O modeladores TDM usam os termos do glossário de negócios para especificar as condições e conclusões que formam a lógica das decisões, e para funcionalidade adicional (isto é, validação automática, geração e execução de casos de teste).

Um Momento no Tempo

Estamos em um momento interessante para a modelagem de decisões:
  • O TDM tem mais de seis anos de existência, tem uma grande base mundial de clientes[1], anos de utilização em produção, e funcionalidade sofisticada baseada em modelos[2]
  • O DMN é um novo padrão em desenvolvimento, se conformando com aquilo que os praticantes do TDM já conhecem há anos, e proporcionando uma notação mais ampla para os requisitos das decisões.
Eles possuem similaridades e diferenças. Algumas diferenças são cosméticas, Algumas não são. Estas últimas são o objeto de discussões interessantes, e é onde os praticantes da modelagem de decisões têm muito a ganhar.

Para saber mais sobre o Modelo de Decisão, acesse o site da Centus, ou baixe uma cartilha contendo os conceitos básicos da modelagem de decisões.


Notas:


[1] Até onde sabemos, o TDM é o único modelo de descrição de lógica de negócios largamente automatizado em ambiente de produção, em diversas plataformas e BRMS de mercado, em clientes dos mais variados portes e segmentos de negócio

[2] com a utilização de software de apoio adequado
Comments