Transformação de Negócio: Lidando com a Mudança de uma Forma Lean e Ágil

postado em 27 de set de 2018 14:06 por Antonio Plais   [ 27 de set de 2018 14:07 atualizado‎(s)‎ ]
Originalmente postado por Marc Lankhorst*, no blog da BiZZdesign - Tradução autorizada

A execução da estratégia continua sendo uma tarefa desafiadora para muitas organizações. A 'Empresa Digital' requer grandes transformações de negócio, entregues rapidamente. A maioria das organizações está em um constante estado de mudança. O modelo 'descongelar-mudar-congelar', raciocinando desde o estado atual até o estado futuro desejado, não se aplica mais: o estado atual está sempre em movimento e o estado futuro é um alvo móvel.

O retorno do 'chão de fábrica' é mais importante do que nunca; é lá que o contato com o cliente acontece, o conhecimento do mercado é adquirido, os processos são otimizados, e muitas inovações ocorrem. Abordagens para a mudança iterativas, incrementais e contínuas são essenciais.

Como descrevemos em uma postagem anterior, as organizações investem em várias disciplinas que estão interessadas na mudança, para melhorar sua capacidade e efetividade de transformação. Estas disciplinas precisam ser coordenadas e alinhadas, endereçando:
  • Metas: Onde queremos ir com a organização? Quais são os resultados de negócio desejados?
  • Estrutura: Quais são os elementos da empresa neste contexto, e como eles estão relacionados?
  • Mudança: Como nós movemos a empresa na direção desejada?
A figura abaixo ilustra isso:


Tomada de Decisão sob Incerteza

Em um ambiente muito estável você poderia ser capaz de olhar alguns anos à frente. Mas, em um ambiente volátil, desenvolver planos de longo prazo detalhados não faz sentido. Você tem que adaptar sua abordagem e horizonte de planejamento para a situação que se apresenta. No caso de grandes incertezas, é mais importante focar na direção da mudança do que no estado atual ou desejado da empresa.

Se você está em um ambiente altamente instável, você precisa de uma abordagem interativa para as transformações de negócio com um tempo de ciclo de vida curto, reavaliando e reajustando seu portfólio de iniciativas de mudança a cada poucos meses. Você deveria dar passos pequenos, usar loops de feedback curtos entre as disciplinas, e reavaliar sua direção frequentemente. Mais ainda, você deveria dividir as grandes iniciativas em mudanças menores, cada uma adicionando valor de negócio por si mesmo, permitindo que você mude o curso ao longo do caminho e evite os riscos de implementações big-bang. Este foco na mudança, adaptação e feedback é um dos princípios principais dos movimentos Ágil e Lean.

Princípios Ágeis e Lean

Ao invés de realizar uma transformação de negócios coordenada e disciplinada por regras fixas, documentos formalizados e processos de aprovação burocráticos, nós aconselhamos que você aplique o pensamento Ágil e Lean à transformação de negócio:
  • Foco no fluxo de valor: Examine todas as etapas da sua abordagem de gerenciamento de portfólios determinando o valor de negócio que elas adicionam e elimine os desperdícios. De quantas aprovações você realmente precisa?
  • Foco no fluxo: Limite o trabalho em progresso e utilize uma abordagem 'puxada' para evitar que os projetos tenham que esperar por uma decisão, ou seja, não espere para decidir sobre todos os projetos uma vez por ano.
  • Monitore e meça o valor de negócio: Acompanhe os benefícios dos programas e projetos, avalie o valor dos seus ativos e use os resultados para reajustar seus portfólios.
  • Foco em responder à mudança em vez de seguir um plano: O estado atual está sempre mudando, o estado futuro é um alvo móvel. Use uma abordagem incremental e interativa, reavaliando periodicamente seus investimentos e realocando-os, se necessário.
  • Use uma perspectiva de ciclo de vida para os seus ativos e gerencie seu valor através de todo o seu tempo de vida, não apenas no início.
  • Sincronize as atividades através de uma cadência comum e limitada no tempo, por exemplo, duas semanas para equipes de desenvolvimento ágil, três meses para releases e gerenciamento de portfólio, anualmente para planejamento baseado em capacidades. Isto garante um fluxo regular de valor de negócio.
  • Preste atenção à melhoria contínua do seu processo de gerenciamento de portfólio em si: continue aprendendo e reajustando a sua abordagem.
Através da aplicação destas orientações você pode criar uma forma de trabalhar e uma cultura organizacional ótimas que combinam com as abordagens modernas para a mudança. Para saber mais, continue ligado nas nossas postagens, ou entre em contato conosco para saber como implementar um processo de mudança ágil na sua empresa.


* Mark Lankhorst é Gerente de Consultoria & Evangelista-Chefe de Tecnologia da BiZZdesign, empresa líder em ferramentas para modelagem da arquitetura corporativa, representada no Brasil pela Centus Consultoria.


Obtenha o controle sobre a sua alocação de recursos

http://bizzdesign.centus.com.br/biblioteca/apm


Descubra o que é necessário para ter o controle sobre suas decisões de investimento e tomar decisões baseadas em fatos transparentes e significativos para a sua empresa.

Saiba mais sobre o Gerenciamento de Portfólios Corporativos clicando aqui