Combinando o ArchiMate 3.0 com Outros Padrões - BPMN

postado em 17 de jan de 2019 03:04 por Antonio Plais   [ 17 de jan de 2019 18:19 atualizado‎(s)‎ ]
Originalmente postado por Marc Lankhorst*, no blog da BiZZdesign - Tradução autorizada

Como explicamos na primeira postagem desta série, a linguagem ArchiMate não pretende substituir outros padrões e abordagens de modelagem. Para muitos domínios, existem linguagens e técnicas disponíveis que fornecem descrições mais detalhadas. A singularidade do ArchiMate não está nos conceitos individuais, mas sim no oposto: muitos conceitos na linguagem foram desenhados para ter uma correspondência direta com conceitos similares em outras técnicas, de forma que você possa usá-las facilmente em combinação e entrar nos detalhes de partes da sua empresa através destas outras técnicas.

Na postagem anterior, mostramos a relação entre o ArchiMate 3.0 e o Modelo de Motivação de Negócio (BMM-Business Motivation Model), Indicadores Balanceados de Desempenho (BS-Balanced Scorecard) e Canvas do Modelo de Negócio (BMC-Business Model Canvas). Nesta postagem, nós focaremos na relação entre o ArchiMate 3.0 e a linguagem BPMN (Business Process Model and Notation). A tabela a seguir fornece um mapeamento aproximado entre os conceitos do ArchiMate e do BPMN. Nós terminaremos a postagem demonstrando como o BiZZdesign Enterprise Studio suporta isso.

BPMN

O BPMN (Business Process Model and Notation) é o principal padrão para a modelagem de processos de negócio. O ArchiMate é tipicamente usado para processos de alto nível e seus relacionamentos com o contexto da organização, mas ele não pretende modelar fluxos de trabalho detalhados. O BPMN suporta a modelagem detalhada de subprocessos e tarefas até o nível de especificações executáveis, mas carece de conceitos corporativos mais amplos para, por exemplo, modelar os serviços de aplicativo que suportam um processo ou as metas e requisitos que ele deve atender. Para a modelagem de processos, o BPMN possui um conjunto de elementos bastante granular, com vários tipos de eventos, tarefas e desvios. As duas linguagens podem facilmente ser usadas em combinação.

 ARCHIMATE  BPMN
 Ator de Negócio, Papel de Negócio, Componente de   Aplicativo  Participante / Piscina, Raia
 Colaboração de Negócio, Colaboração de Aplicativo  Colaboração
 Processo de Negócio, Processo de Aplicativo  Processo
 Acionamento  Fluxo de sequência
 Acesso  Associação de dados
 Junção E  Desvios inclusivos e paralelos
 Junção OU  Desvios exclusivos e baseados em eventos

Relacionando modelos BPMN no BiZZdesign Enterprise Studio

No BiZZdesign Enterprise Studio existem várias formas de relacionar modelos BPMN com os seus modelos ArchiMate 3.0. Naturalmente você poderia usar o ArchiMate 3.0 para construir uma visão de alto nível do processo, e um modelo BPMN correspondente, mais detalhado, baseado no mapeamento descrito na tabela acima (veja as Figuras 1 e 2). Para criar as ligações relevantes para relacionar os objetos ArchiMate com o seu modelo BPMN, você pode usar relacionamentos inter-modelos (Figura 3) no Enterprise Studio.


Figura 1. Modelo ArchiMate de um processo de pedido de pizza


Figura 2. Modelo BPMN de um processo de pedido de pizza
 

Figura 3. Mapeamento dos objetos ArchiMate para os objetos BPMN

Outras integrações entre modelos ArchiMate e BPMN são também possíveis. Você poderia escolher modelar seu panorama de aplicativos no ArchiMate e relacionar isso com o modelo de processo BPMN, como mostrado na Figura 4.


Figura 4. Panorama de aplicativos ArchiMate usado em um modelo de processo BPMN

O BiZZdesign Enterprise Studio oferece várias formas de combinar diferentes linguagens. Isso ajuda os usuários a responder questões específicas de negócio e entregar valor de negócio para as várias partes interessadas. No próxima, e última, postagem nesta série nós discutiremos como você pode combinar o ArchiMate com UML, SysML e ERD.


* Mark Lankhorst é Gerente de Consultoria & Evangelista-Chefe de Tecnologia da BiZZdesign, empresa líder em ferramentas para modelagem da arquitetura corporativa, representada no Brasil pela Centus Consultoria.


 http://bizzdesign.centus.com.br/biblioteca/ebooks/archimate-da-teoria-a-pratica
eBook ArchiMate - Da Teoria à Prática

Inovação, regulações em constante mudança, novas possibilidades tecnológicas, uma nova direção estratégica; estas são algumas das razões pelas quais muitas organizações estão em constante movimento. 

Este livro apresenta as melhores práticas dos autores, fruto da experiência do uso da linguagem ArchiMate em dezenas de projetos reais, em clientes dos mais diversos ramos de negócio. Uma leitura fundamental para quem quer se iniciar na prática da modelagem da arquitetura corporativa. 

Solicite sua cópia GRÁTIS aqui