Combinando o ArchiMate 3.0 com Outros Padrões - BMM / BS / BMC

postado em 16 de jan de 2019 07:58 por Antonio Plais   [ 17 de jan de 2019 03:09 atualizado‎(s)‎ ]
Originalmente postado por Marc Lankhorst*, no blog da BiZZdesign - Tradução autorizada

Como descrevemos na nossa postagem anterior, a linguagem ArchiMate não pretende substituir outros padrões e abordagens de modelagem, mas, ao invés disso, conectá-los. Nesta postagem, focaremos no relacionamento do ArchiMate com várias técnicas orientadas para o gerenciamento: o Modelo de Motivação de Negócio (BMM-Business Motivation Model), os Indicadores Balanceados de Desempenho (BS-Balanced Scorecard) e o Canvas de Modelo de Negócio (BMC-Business Model Canvas).

Para ajudá-lo a relacionar os modelos ArchiMate com aqueles modelos mais detalhados em outras técnicas, as tabelas abaixo fornecem um mapeamento aproximado entre os conceitos presentes nas outras técnicas mencionadas anteriormente e os conceitos do ArchiMate.

Modelo de Motivação de Negócio - BMM

O Modelo de Motivação de Negócio foi uma das inspirações por trás dos conceitos de motivação do ArchiMate. O BMM distingue entre meios, fins, influenciadores e avaliações, e fornece uma descrição mais detalhada e granular da motivação do negócio do que os conceitos de motivação do ArchiMate.

 BMM  ARCHIMATE
 Visão, Resultado Desejado (Meta, Objetivo)  Meta
 Missão, Curso de Ação (Estratégico, Tático)  Curso de Ação
 Diretiva (Política de Negócio, Regra de Negócio)  Princípio, Requisito, Restrição
 Avaliação  Avaliação
 Influenciador  Motivador
 Impacto Potencial  Resultado

Para uma discussão mais detalhada a respeito do mapeamento entre os conceitos do BMM e do ArchiMate, acesse o artigo How to Use the ArchiMate® Modeling Language with BMM™, disponível na biblioteca do The Open Group.

Indicadores Balanceados de Desempenho - BS

Indicadores Balanceados de Desempenho (Balanced Scorecard, para os íntimos!) é uma técnica de alto nível amplamente usada para o gerenciamento do desempenho estratégico das organizações. Ela fornece quatro perspectivas sobre o desempenho e as endereça através de uma estrutura em camadas usando os conceitos de missão, objetivos, medições, alvos e iniciativas para expressar a direção estratégica. Mapas estratégicos são geralmente usados como uma expressão destes elementos e seus relacionamentos.

 BS  ARCHIMATE
 Missão, Objetivo  Meta
 Medição  Métrica (especialização de Motivador)
 Alvo  Resultado, Valor
 Iniciativa  Curso de Ação (alto nível)
 Pacote de Trabalho (baixo nível)

Canvas do Modelo de Negócio - BMC

O Canvas do Modelo de Negócio fornece uma visão geral de alto nível sobre a estrutura dos modelo de negócio atual e vislumbrado de uma organização.

 BMC  ARCHIMATE
 Parceiros Principais  Ator de negócio, Papel de negócio, Parte interessada
 Atividades Principais  Capacidade
 Recursos Principais  Recurso
 Proposições de Valor  Produto + Valor
 Canais  Recurso (realizado através de Interface)
 Segmentos de Clientes  Ator de negócio, Papel de negócio, Parte interessada
 Estrutura de Custos  Valor associado a elementos da arquitetura
 Fluxos de Receitas  Valor + Fluxo

Relacionando diferentes modelos no BiZZdesign Enterprise Studio

O BiZZdesign Enterprise Studio suporta o ArchiMate 3.0, juntamente com algumas das linguagens mencionadas anteriormente, como o Canvas de Modelo de Negócio. No entanto, o ArchiMate 3.0 é usado para expressar outras técnicas, como o Modelo de Motivação de Negócio e o Balanced Scorecard. A Figura 1 demonstra como os conceitos do ArchiMate 3.0 são usados para modelar conceitos do Modelo de Motivação de Negócio. Entre as << aspas angulares >> nós mostramos o nome do tipo ArchiMate (AM) e o tipo BMM (BMM).


Figura 1: ArchiMate 3.0 e BMM

No Enterprise Studio, os usuários podem usar os conceitos do ArchiMate 3.0 para produzir Indicadores Balanceados de Desempenho. Na Figura 2, mostramos como uma métrica (uma especialização do elemento Motivador do ArchiMate 3.0) pode ser usado como uma medição em um Balanced Scorecard.


Figura 2: Usando uma métrica como uma medição

A Figura 3 mostra um Canvas de Modelo de Negócio típico, e como o Enterprise Studio converte isso automaticamente para o ArchiMate 3.0. Você pode saber mais sobre o nosso suporte para o Canvas de Modelo de Negócio nesta série de postagens.


Figura 3: Mapeamento automático do Canvas de Modelo de Negócio para o ArchiMate

O Enterprise Studio possui muitas outras formas de combinar diferentes linguagens. Isso ajuda a responder questões específicas do negócio e entregar valor de negócio em diferentes níveis.

Na próxima postagem nesta série demonstraremos como você pode combinar o ArchiMate 3.0 com o BPMN.



* Mark Lankhorst é Gerente de Consultoria & Evangelista-Chefe de Tecnologia da BiZZdesign, empresa líder em ferramentas para modelagem da arquitetura corporativa, representada no Brasil pela Centus Consultoria.


 http://bizzdesign.centus.com.br/biblioteca/ebooks/archimate-da-teoria-a-pratica
eBook ArchiMate - Da Teoria à Prática

Inovação, regulações em constante mudança, novas possibilidades tecnológicas, uma nova direção estratégica; estas são algumas das razões pelas quais muitas organizações estão em constante movimento. 

Este livro apresenta as melhores práticas dos autores, fruto da experiência do uso da linguagem ArchiMate em dezenas de projetos reais, em clientes dos mais diversos ramos de negócio. Uma leitura fundamental para quem quer se iniciar na prática da modelagem da arquitetura corporativa. 

Solicite sua cópia GRÁTIS aqui